30.11.10

É a espera de soluço que mata tudo que há dentro do que eu quero. O entorno continua rígido, endurece a cada permanência e nunca explode. Não dou conta.

7 comentários:

  1. Oi, quanto tempo, estou tao fora da humanidade evoluida, sem internet, telefone...
    Eu me identifico com essas palavras!

    Abraço. Ludmilla yesgrimace

    ResponderExcluir
  2. Dá pra derreter, mas aí pode esquecer as prévias expectativas.

    ResponderExcluir
  3. Passando para conhecer e elogir a sua página, dizer que a música é algo maravilhoso e que ela tem o poder de nos transportar aos mais belos sonhos.
    Espero por vc no Perseverança, bjs no seu coração.
    Nicinha

    ResponderExcluir
  4. Ainda tô tirando a conclusão de que eu dou conta.

    ...

    Desculpa, incomodar-te, mas estou ajudando minha amiga a divulgar o trabalho dela, se você puder colaborar divulgando no seu facebook, blog ou quem souber de alguém que possa indicar ou quem sabe, se você mesmo estiver interessado, que entre em contato!

    Desde já, agradeço mais uma vez a ajuda e o carinho.

    O nome dela é Nathália Faria.

    Ela é do Rio de Janeiro.

    Seu e-mail é: nathalia.faria@gmail.com

    Seu facebook é: http://www.facebook.com/profile.php?id=100002691968676

    Ela trabalha com planos de saúde e num estúdio localizado em Botafogo (gravações de música/CD e também aulas de música - violão, guitarra, percussão, baixo, teclado, cavaquinho, bandolim, bateria e sopro).

    Beijos

    ResponderExcluir